28 abril, 2006

MOVIMENTO CÍVICO
NASCER NA FIGUEIRA
Caminhada contra o encerramento da Maternidade
7 de Maio - 10.30
Torre do Relógio
Traz uma peça de roupa branca
ABRAÇA ESTA CAUSA

7 comentários:

Maria da Luz disse...

Força Figueira! Domingo lá estarei!

António Pedro disse...

O senhor Ministro da Saúde disse que encerrar as maternidades era uma questão de garantir os melhores cuidados de saúde para as mulheres e que nenhum ministro poderia assumir a responsabilidade de não se prestarem esses cuidados... só é pena terem que ser os nossos bombeiros a fazê-lo...
A bem das nossas mulheres e dos nossos filhos temos que mostrar a nossa posição. Por isso dia 7 podem contar comigo também!

Anónimo disse...

Amanhã de manhã lá estarei e levarei a criançada, nascida na Maternidade e esperando ser mãe e pai na mesma Maternidade, quando crescerem.Se não defendermos o que é nosso, depressa nos levarão tudo ! Atenção1

Anónimo disse...

Como médico do HDFF, não posso nem quero deixar de estar presente dia 7 na Manifestação de apoio à maternidade e contra o seu encerramento.
Nunca na Figueira da Foz desde a Casa da Mãe se fizeram 1500 partos por ano o máximo foram 1.100 há trinta anos e creio que nunca houve insegurança no acto de nascer.

Cristina Silva disse...

Hoje, dia da Mãe, foi bonito ver que tanta gente se uniu numa marcha contra o encerramento da nossa maternidade.
Espero que em acções futuras a adesão seja ainda maior!

Anónimo disse...

Estive lá e comovi-me ao ver aqueles bébés nascidos aqui, os seus manos maiores e as futuras mães reivindicando o direito de terem filhos naturais do concelho.Da próxima vez, seja onde for, conto estar também porque não há dúvida de que os figueirenses terão de continuar firmes na luta por esta causa e sempre passando palavra a outros. Muito obrigada ao sr. profissional de saúde que aqui deixou o seu testemunho. Seria bom desafiar o sr. Ministro a dizer, com números, como ele gosta, nos partos ocorridos na Maternidade quantos "correram mal", quantos bébés morreram, quantas mães tiveram problemas, etc, etc... Se querem ser "rigorosos" digam tudo. Ou não convém ? Força Figueira, pela Maternidade e também pela manutenção do Hospital com todas as suas capacidades, é bom que se não esqueças esta face importante do problema!

Fernanda Pires disse...

Eu também lá estive! E vou, também, estar na ACIFF, no próximo dia 12!